Politica de Privacidade

A Manuel Marinho Lda (Marinho ) tem um forte compromisso com a privacidade e com os direitos dos titulares dos dados pessoais, atuando de acordo com as disposições constantes do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD) e demais legislação aplicável

Quais os dados que a Marinho trata, a quem respeitam e como são recolhidos?

A Marinho pode tratar as seguintes categorias de dados pessoais:

a) Dados de identificação;

b) Dados relativos a educação e experiência profissional;

c) Dados profissionais;

d) Dados de atividade profissional;

e) Dados de faturação e despesas); e

f) Dados de registo de imagem e som.

São titulares de dados pessoais as pessoas singulares a quem os dados respeitam.

As categorias de dados pessoais, acima indicadas, podem pertencer a diferentes categorias de titulares de dados, como clientes, colaboradores de clientes (empresas), candidatos.

A Marinho recolhe os dados pessoais através de vários meios e em diversos momentos, nomeadamente quando nos envia um e-mail ou responde a um convite, quando entrega o seu cartão pessoal, quando subscreve as nossas informações ou eventos, quando faz uma candidatura profissional ou quando contrata os nossos serviços.



Com que finalidades e com que fundamento jurídico a Marinho trata os dados pessoais?

A Marinho poderá tratar os dados pessoais para as seguintes finalidades e com os seguintes fundamentos jurídicos:

  • Para prestação de serviços e venda nas nossas instalações com o fundamento da execução de contrato e interesse legitimo.

  • Para comunicações e envio de informação, no fundamento do interesse legítimo.

  • Para proteção de pessoas e bens, o que inclui a recolha de imagens através de circuito de videovigilância, para a protecção das instalações e das pessoas que nelas se encontrem, no cumprimento de obrigação legal.

  • Para faturação e gestão contabilística, com o fundamento de execução de contrato e cumprimento de obrigação legal.

Quais os prazos pelos quais mantemos os dados pessoais?

A Marinho apenas guardará os seus dados durante o período que for necessário para cumprir as finalidades definidas nesta Política ou durante o período que seja exigido por normas legais ou regulamentares aplicáveis.

Os prazos de conservação dos dados pessoais, de acordo com cada finalidade de tratamento, são os seguintes:


  • Comunicações e envio de informação: Até que o titular dos dados manifeste a sua oposição.

  • Proteção de pessoas e bens: 30 dias.

  • Faturação e gestão contabilística: 10 anos.

  • Recrutamento e seleção: dois anos, contados desde a entrega da candidatura ou curriculum, no caso de o candidato não ser selecionado; e durante o período em que se mantiver a relação profissional com a Marinho, nos restantes casos.


A quem é que a transmite os dados pessoais?

A Marinho não transmite os seus dados pessoais a terceiros, exceto nos casos em que tal se revele necessário à prestação dos serviços que tenha contratado ou ao cumprimento de obrigações legais a que a empresa esteja sujeita.

Que direitos tem enquanto titular dos dados?

Enquanto titular dos dados, goza dos seguintes direitos:


Direito de acesso

A qualquer momento, poderá solicitar confirmação sobre se a Marinho trata os seus dados, o acesso aos seus dados pessoais e a informações sobre o tratamento dos mesmos.

Poderá ainda obter cópia dos dados pessoais sujeitos a tratamento.


Direito à retificação

Caso os seus dados pessoais estejam incorretos ou incompletos, pode solicitar que os mesmos sejam retificados ou completados.


Direito ao apagamento

Em determinadas situações, tem o direito de solicitar o apagamento dos seus dados pessoais, o que pode ser limitado quando o tratamento dos dados for necessário ao cumprimento de obrigações legais a que a Marinho esteja sujeita, ou quando forem necessários para efeitos de declaração, exercício ou defesa de um direito num processo judicial.


Direito a retirar o consentimento

Nos casos em que o tratamento dos dados seja realizado com base no seu consentimento, poderá retirar o consentimento a qualquer momento. Caso retire o seu consentimento, os seus dados pessoais deixarão de ser tratados, exceto se existir outro fundamento jurídico que permita esse tratamento.

Como pode exercer os seus direitos?

Pode exercer os seus direitos através de qualquer um dos seguintes meios:

  • E-mail: para o endereço de correio eletrónico privacidade@manuelmarinho.com

  • Carta: dirigida a Manuel Marinho Lda, Avenida Principal 1, 1975-247 Quinta do Conde.

O exercício dos seus direitos é gratuito.

Como nos pode contactar?

Se tiver alguma dúvida ou precisar de mais alguma informação relativamente ao tratamento dos dados pessoais ou aos direitos de que goza enquanto titular dos dados, contacte-nos através dos seguintes meios:

  • E-mail: para o endereço de correio eletrónico privacidade@manuelmarinho.com

  • Carta: dirigida a Manuel Marinho Lda, Avenida Principal 1, 1975-247 Quinta do Conde.

Como pode ficar atualizado quanto ao tratamento dos dados pessoais?

A “Política de Privacidade” poderá ser alvo de atualizações, pelo que a Marinho aconselha a que consulte regularmente esta Política.